meta content='hxtITXE63uME9/yjo4Zg8yNvdEcj+DdFl4l+XwhLY+U=' name='verify-v1'/> O Brasil de todos os povos: Às escuras, Monumento aos Açorianos se deteriora

terça-feira, 30 de junho de 2009

Às escuras, Monumento aos Açorianos se deteriora

Obra do artista Carlos Tenius foi construída em 1973
Foto:Ronaldo Bernardi



Um dos símbolos da formação da capital gaúcha amarga na escuridão das noites da cidade e se deteriora com a ação do tempo, da ferrugem e do vandalismo. As luminárias que existiam em torno do Monumento aos Açorianos foram furtadas e as caixas de proteção viraram depósitos de lixo.

Sem iluminação, a atividade dos pichadores foi facilitada. Pior do que isso, o próprio monumento, construído em 1973 para exaltar a colonização açoriana em Porto Alegre, foi transformado em ponto para esconder drogas. Um buraco na estrutura serve para tanto, o chamado "mocó", conforme relatos de quem circula pela área.

3 comentários:

Geraldo disse...

Realmente é uma pena que este monumento e também o do Parcão estejam a deriva.

Abraço

Geraldo

MARCO disse...

Estive lá no 7 de setembro e vi que a situação é grave. A corrosão causada por urina está em estado avançado. Pedi a Prefeitura que tomasse uma atitude. O negócio é todo mundo mandar mail pra lá. Na pressão, às vezes, as coisas funcionam. O e-mail da prefeitura é: 156@smgl.prefpoa.com.br. E boa sorte!

MARCO disse...

Pensei também em duas soluções para impedir a depredação deste monumento. Uma é colocar uma câmera nas imediações ligada direta com a polícia. A outra solução que vejo seria construir uma espécie de altar (sem escadas) tornando o monumento uns 3 ou 4 metros mais elevado, dificultando, assim, a ação dos vândalos. É isso, valeu...